Newsletter

Endereço

Rua Carlos Appel , 44 , 1º andar
Centro
CEP: 88350-150
Brusque / SC

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Notícias

Aumenta em 27% o número de pessoas com deficiência que ocupam cargos no TST

17/4/2024 - O Tribunal Superior do Trabalho (TST) comemora os resultados positivos obtidos nos indicadores de acessibilidade e inclusão da pessoa com deficiência. Os dados foram revelados por meio do Questionário Anual de Acessibilidade, disponibilizado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), por meio da Resolução nº 401/2021. Entre os resultados, destaca-se um aumento de 27% do número de pessoas com deficiência que ocupam cargos no TST. Esse dado não apenas evidencia a inclusão efetiva dos profissionais, mas também reflete o reconhecimento do potencial que trazem para a estrutura e o funcionamento do Tribunal. O avanço não surge isoladamente, mas como resultado de um compromisso em promover a igualdade de oportunidades e a valorização da persidade. O reconhecimento da competência das pessoas com deficiência no TST fortalece a instituição e contribui para a construção de uma sociedade mais justa e inclusiva. Outro ponto relevante apresentado foi o crescimento de 20% na presença de pessoas com deficiência em funções comissionadas, o que reflete o avanço quantitativo e a mudança qualitativa na representatividade desses profissionais em posições estratégicas dentro da instituição. O aumento na representatividade das pessoas com deficiência em cargos de destaque reconhece suas habilidades e competências, além de evidenciar o comprometimento do TST em criar oportunidades igualitárias para todos os colaboradores. Resolução do CNJ A norma estabeleceu os parâmetros e os indicadores que permitem às instituições avaliar, acompanhar e melhorar sua performance em relação à acessibilidade e à inclusão de pessoas com deficiência. Esse instrumento é uma ferramenta para medir o comprometimento e os avanços das organizações nesse campo importante para a promoção da igualdade e dos direitos humanos. Análise comparativa No caso específico do TST, a Assessoria de Acessibilidade, Diversidade e Inclusão (Asdin) procedeu ao levantamento das informações relacionadas aos indicadores, envolvendo áreas técnicas como Segjud, CIF, Cdep, Secom, CGFC, Ouvidoria, Setin, Sesaud, CGED, Cdoc e a própria Asdin, unidades que colaboraram respondendo os itens do questionário. Além disso, foi realizada uma análise comparativa do desempenho do TST entre 2022 e 2023. Em relação aos resultados de 2023, destacam-se também em comparação ao ano anterior: Elevação de 37,9% no número de servidores capacitados em acessibilidade. Aumento de 47,1% nas ações de sensibilização. Incremento de 50% no número de ações voltadas para a promoção da inclusão. Produção de vídeos com acessibilidade alcançando um aumento de 75,3%. Aumento de 52% na quantidade de eventos com acessibilidade comunicacional dos eventos do Tribunal.  Avanços significativos Segundo a assessora-chefe da Asdin, Ekaterini Sofoulis Hadjirallis Morita, esses resultados refletem o empenho das unidades em promover a acessibilidade e inclusão, fortalecendo uma cultura que valoriza a persidade e a igualdade de oportunidades. “O apoio da administração do Tribunal e o engajamento das comissões responsáveis foram fundamentais para alcançar esses avanços significativos, reafirmando o compromisso do TST em promover uma Justiça cada vez mais inclusiva e acessível", enfatizou a servidora. (Flávia Félix/GS/JS)   Esta matéria é  meramente informativa. Permitida a reprodução mediante citação da fonte. Secretaria de Comunicação Social Tribunal Superior do Trabalho Tel. (61) 3043-4907  secom@tst.jus.br
17/04/2024 (00:00)
Visitas no site:  1086289
© 2024 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia